Olá, meu nome é Rafael e sou um jovem médium de Umbanda. Há muitos anos dou risadas com essa frase: trago seu amor em três dias, tão escancarada em postes, letreiros e muros. Hoje já não acho tanta graça, afinal, coisas desse tipo, que muitas vezes utilizam o nome de entidades sérias e até mesmo o nome da religião que escolhi no coração, como crivos de sua falsa de seriedade.

A cada dia que passa, mais e mais vemos letreiros com propagandas sobre trabalhos e magias utilizando muitas vezes o nome de Pomba Gira. Um Exu sério e com tamanha responsabilidade de trabalhar com pessoas que precisam se desenvolver, não pode ser anexado a tamanha irresponsabilidade. E muito menos seres humanos possam aproveitar de sofrimento e desinformação alheia, causando apenas o mal entre os envolvidos.

Em uma roda de amigos uma vez, coloquei que era umbandista e estava super feliz com minha escolha. A primeira pergunta que soltaram com um pre-conceito brincalhão foi: Mas lá tem a Pomba Gira e o Exu do capeta? E respondi com tom de serenidade e com um sorriso no rosto:  Sim, é uma entidade muito séria e que me ajuda muito no desenvolvimento, já o Exu do capeta eu não conheço não. Cortando um pouco do tom de brincadeira que ali estava instaurado, mas sem perder o bom humor. Pois não adianta tentar discutir sobre preconceitos e desinformação, é interessante nós, iniciantes quando questionados sobre isso, ser sérios e informativos, mostrando que o “Exu do capeta” na verdade é uma imagem inexistente.

Li e acredito que espíritos sem luz se aproveitam de pessoas que realizam tais brincadeiras com terceiros, e jogam como se fossem outras entidades, apenas para sua diversão. Afinal, eles estão perdidos, e pessoas assim, acabam alimentando a confusão. Não vou falar de coisas que ainda não tenho gabarito teórico e experiência para dissertar sobre o assunto, mas chamaria tais pessoas para raciocinarem um pouco sobre o que fazem, se realmente acreditam que algo de bom pode sair de balcões de pedidos.

Sendo assim, se está triste, desiludido, com problemas financeiros, peça ajuda, não a estranhos, mas à seus amigos. Quer conselhos? visite centros espíritas, igrejas, onde se sentir melhor. Casa espíritas não são balcões de pedidos amorosos, de saúde e felicidade, e sim, lugares de ajuda espiritual e caridade. Lá, provavelmente sairá melhor do que entrou, e com o mesmo dinheiro, afinal, caridade não é paga.

Seja feliz, pense positivo e faça o bem…não trago o seu amor em 3 dias, mas garanto que cumprindo essas 3 coisas, estará um passo de trazer sua felicidade.