Vamos falar sobre uma coisa que é muito comum, o desânimo. Esse sentimento é muito comum na religião como um todo, eu acredito. Dúvida, raiva, ansiedade, sensação de impotência, e por aí vai, todos esses sentimento eu posso falar que senti e sinto até hoje. Se passou um ano e alguns pensamentos estão sempre rondando minha cabeça: Será que sou eu fazendo isso tudo? Auto hipnose? Vale a pena? Bom, pensar isso tudo é comum, você não precisa ser um cego pela religião ao meu ver, é legal ter dúvidas, porém, o mais legal mesmo, é como lidamos com elas.

Analise

Já escrevi algumas vezes sobre como acredito que devemos perguntar tudo para as entidades e as pessoas a nossa volta. Foi assim que aprendi, e faz um sentido danado, afinal, quem melhor para explicar? As entidades vêm para trabalhar, e você perguntar uma coisa interessante que vai te ajudar a entender melhor é muito importante para todos. Pergunte, analise, reflita, tente evoluir o seu conhecimento.

Calma!

calmaUma colega comentou em um post em como que pensava em jogar tudo para o alto. E vou usa-la como exemplo, espero que goste. Bom, eu já pensei uma vez em jogar tudo para o alto e realmente foi parar 2 minutos para pensar e pronto, tudo certo. É bom termos calma nessas horas que ficamos confusos, desistir de tudo é muito fácil, agora temos outros caminhos que proponho um pensamento:

  • O que posso perder de aprender se eu desistir?
  • Vale a pena mesmo desistir de algo que pode vir a ajudar muito os outros?
  • Não é sensacional você poder falar com entidades e até mesmo poder passar a mensagem delas? Eu não tenho palavras para descrever.
  • Vamos ser claros? Qual o real motivo de querer desistir? (pense bem).

O desânimo passa!

Experiência própria. Pensamentos assim vem e passam. Sabe como é quando iniciamos na academia e paramos? É parecido, só que a nossa academia é um pouquinho diferente. Mas trabalhamos duro, cansa muito, passamos aperto as vezes, mas no fim recompensa demais. O legal é pararmos para pensar com muita calma, normalmente poderemos perder uma coisa tão legal.

Bom, se posso falar uma palavra é Força! Estamos juntos nisso. E eu já desisti de muita coisa e pode ter certeza que farei o máximo para não desistir dessa tão especial na minha vida. Que venham anos e anos de felicidade, sufoco, angustia, medo, satisfação, força, pressa, ansiedade, amor, realização.

Um grande abraços, e axé!